documentos necessarios

POR ONDE COMEÇAR

A primeira coisa é fazer a sua arvore genealogica começando por voce ate chegar no seu antenato italiano, colocando nomes e datas de nascimento de cada um para saber se o seu processo será via consulado ( administrativo) ou Materno ( via judicial ), depois emitir no site : https://deest.mj.gov.br/ecertidao/abrirPesquisa/abrirEmissao.do  a CNN ( certidao negativa de naturalização do seu antenato italiano (a) para saber se o mesmo(a) se naturalizou ou não pois caso ele tenha se naturalizado voce poderá obter ou não a cidadania italiana :

1- Nascimento ocorrido antes da naturalização: no momento do nascimento, o genitor da criança ainda detinha o status de cidadão italiano. Assim, a cidadania foi transmitida para ela e para as gerações subsequentes

2-Nascimento ocorrido depois da naturalização: no momento do nascimento, o genitor da criança já era brasileiro. Assim, a cidadania italiana não foi transmitida para o filho e nem para as gerações subsequentes.


 Apos isso solicitar junto aos cartorios a emissao das certidões de nascimento, casamento e óbito em INTEIRO TEOR , de todos não esquecendo se possivel que o cartório ja te entregue as certidões com sinal publico. Feito isso voce irá para etapa seguinte que será fazer a tradução juramentada de todas as certidões, no site do consulado de sua residencia voce poderá encontrar a lista dos tradutores recomendados.

Documentos traduzidos, chegou a hora de apostilar tudo, as originais e as traduzidas, cada Estado no Brasil possui a sua tabela de custo fixo para esse trabalho entao voce pode conferir e escolher onde fará o apostilamento.